A ansiedade

Depois que o Edital é publicado, os ponteiros acusam: a hora escorre pelos dedos. A terra gira mais rápido. As folhinhas do calendário (do sucesso!) viram depressa demais. Quando percebemos, no caos que nos rodeia, estamos no meio de um plano inacabado, com a ansiedade no colo, e uma lista interminável de insatisfação nas mãos. O resultado? Ansiedade! E uma aflição no peito que não nos deixa parar.

Queremos ser mais rápidos. Mais produtivos. Mais dedicados. Mais focados. Mais disciplinados na reta final. QUEREMOS SER MAIS SEMPRE.

A verdade é que não há nada de errado em se aperfeiçoar para o cargo dos sonhos, muito menos em querer ser melhor. A vontade vira problema quando nos tornamos vítimas da nossa própria pressa. E a ansiedade, ao invés de mola, se torna fardo diário na vida da gente. Tudo ficou fast, inclusive a busca pelo conhecimento. O novo se torna obsoleto em questão de meses. Surgem versões atrás de versões, upgrades diários. Tanta novidade que, no final, a memória não consegue lembrar o número do nosso próprio telefone. Quanto mais aquele artigo, da Lei que nem sabíamos existir.

Quer um conselho: compreenda que o seu corpo é uma máquina, que trabalha e responde de acordo com as situações. É possível um avião se manter no ar com suas turbinas danificadas? Ou acender um fósforo que já se queimou?

Sua saúde é a mesma coisa. É a união perfeita da mente sã, pele, ossos e neurônios saudáveis.

Estudar ansioso é muito improdutivo e uma perda de tempo. Seu cérebro precisa de combustível, liberdade, tranquilidade. É uma responsabilidade enorme desconectar-se, eu sei. Mas duvide da voz desafiante que diz ser preciso nunca parar. Quebre a rigidez. Ouça seu corpo. Descanse. E – por favor – desligue-se. Só assim você vai transformar letras em aprendizado.

Eu sei pouca coisa da vida, mas uma frase eu sigo à risca: é preciso respeitar o próprio tempo. No momento certo, sem pedir licença, você precisará de fôlego e energia para gritar: PASSEI! Afinal, alguém que você conhece bem, já disse: #RelaxaQueALuzTeAcha!

Bons estudos!

Natália Lima
Equipe SouGenius

Comentários

  1. Tatiana Noberta disse:

    Lindo texto Nati.
    Esses dias andava apreensiva com a definição da banca que vai fazer o INSS e realmente meu coração acelerou quando vi que era o CESPE. Que seja o Cespe. Eu sou mais forte.
    A ansiedade é um mal que deve ser combatido diariamente com muitos exercícios de respiração e respeitando o limite de cada um.
    Parabéns Nati pelo excelente artigo. Amei!

  2. Midiã Mariano Marques disse:

    Obrigado!! sofro desse terrível mal, ANSIEDADE, mas vou conseguir superar com essa aula.
    Grata
    Midiã

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>