A Conexão e a Evolução das Três Partes Internas

3 elementos

Se você já assistiu meus vídeos, deve ter notado que eu falo bastante sobre as nossas três partes internas. Quando entendemos como funciona cada uma delas, CRÍTICO, SONHADOR e REALIZADOR e quais são os seus modelos de atuação – benéficos ou maléficos – fica muito mais fácil de resolver problemas como a indisciplina, o controle da ansiedade, como lidar com a culpa, cobranças e pressões internas e externas, como nos manter motivados e determinados a superar todas as adversidades para realizar os nossos sonhos.

Funciona assim: o sonhador promove o desejo, a visão de um futuro claro e definido. Sonho, fé, força de vontade são transformados em ações pelo realizador, responsável por fazer acontecer, buscando a alegria de viver e de fazer por merecer, de pagar o preço pela conquista dos seus sonhos.

O crítico, por sua vez,  blinda de crença o sonhador. Valoriza as ações do realizador e o tira da zona de conforto.

É como se a máquina interna funcionasse de forma ajustada, sem desgastes e aproveitando toda a energia disponível para a produtividade e eficiência.

Cada uma das três partes precisa ser orientada para maximizar acertos e minimizar erros. O sonhador precisa manter a fé constante enquanto o realizador supera os desafios da maratona do sucesso. O crítico é peça fundamental para que a ansiedade seja controlada enquanto que o realizador se supere continuamente e o sonhador tenha a sua fé blindada.

Quando essas três partes se conectam, a energia gerada entre elas é gigantesca e fantasticamente positiva. É isso que buscamos trabalhar em nossos diversos programas de coaching.

Não adianta ter um sonhador com muita fé se ela não é convertida em ações e isso só acontece quando sonhador e realizador trabalham juntos. Não adianta ter um realizador que age, mas que não consegue fortalecer a sua fé com os avanços conquistados. Não adianta, por fim, ter um crítico que não gera ansiedade, mas que não impulsiona o realizador de forma positiva para que ele saia da sua zona de conforto e consiga fazer o seu melhor, cada vez melhor.

As três partes têm funções individuais necessárias, mas modelos de ações coletivas que fazem toda a diferença.

Coloque um alarme no celular para garantir que você vai monitorar e orientar logo no começo do dia a atuação das suas três partes.

Verifique continuamente o bom desempenho de cada uma e cobre, como se fossem funcionários seus, que elas exerçam as suas funções cada vez melhor.

 

FAZENDO DAR CERTO ATÉ DAR CERTO

É preciso ter paciência e persistência: todo “faixa preta” já foi um “faixa branca” que nunca desistiu. Tente imaginar cada uma das suas três partes e identificar em qual das faixas eles estão:

  • Branca: Muitos erros;
  • Azul: Começa a acertar;
  • Roxa: Mais acertos que erros;
  • Marrom: Quase não erra;
  • Preta: Superação contínua.

É fundamental manter no diálogo diário a orientação necessária para que cada uma das suas três partes evolua de faixa, melhore-se e gere conexão com as outras duas partes.

Captura de Tela 2016-02-12 às 14.34.46

Qualquer dúvida, envie e-mail para suporte@sougenius.com.br.

Sempre é uma grande alegria poder contribuir com o sucesso e felicidade das pessoas que estão dispostas a pagar o preço pela realização dos seus sonhos.

Um abraço do amigo,
Coach Felipe Lima.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>