Autoimagem

A base de tudo: a forma como você se vê, a capacidade de se valorizar, valorizar as suas ações e a sua história de vida.

Se você se julga um fracasso, uma pessoa incompetente, a sua autoimagem será a menor possível. Dessa maneira, sua autoconfiança desaparece, o medo toma conta e você se sente pequeno, impotente e incapaz…

Sem autoconfiança a fé fica cada vez mais abalada e tudo é motivo para se desanimar diante das dificuldades. Com pouca ou nenhuma fé não há força de vontade que resista. Para que eu vou agir se não vai dar certo mesmo? Para que persistir no que é perda de tempo? Muitas pessoas perdem a fé e persistem apenas por terem vergonha de enfrentar o julgamento alheio diante da desistência.

A falta da força de vontade abre espaço para a preguiça, autossabotagem, procrastinação e a falta de foco. Sem ações a autoimagem fica ainda pior. Muitas pessoas se sentem travadas, bloqueadas, paralisadas sem forças para sair desse buraco que parece só afundar ainda mais.

Gratidão pelos erros, paciência, paz de espírito, capacidade de aprender com os erros sem culpa (pois todo mundo erra e você não precisa ser perfeito para realizar os seus sonhos), mas pode evoluir no seu tempo e ser cada vez melhor: essa é a face da moeda da autoimagem que tem de estar visível!

Um forte abraço,
Coach Felipe Lima.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>