Eu sei por que você ainda não passou

Muitas pessoas me perguntam o que eles estão fazendo de errado, pois se preparam para obter sucesso em provas e concursos há anos, muitas horas de bunda na cadeira, todos os cursos e livros do universo lidos, grifados, resumidos, e ainda não conseguiram a tão desejada aprovação.

“Chego a pensar que não sou capaz”, afirmou uma querida aluna na nossa primeira sessão de Coaching. Resolvi fazer esse post como uma verificação completa em tudo o que pode dar errado, trazendo grandes prejuízos, e também sobre o que tem que estar muito bem alinhado, proporcionando excelentes resultados.

Há uma tríade do sucesso em tudo na vida:

  • Planejamento e organização
  • Métodos e técnicas
  • Disciplina

Talvez você esteja com muitas horas de estudo, mas se elas não estiverem bem dimensionadas, de acordo com o edital, com as suas necessidades e dificuldades, elas podem estar sobrando para algumas matéria e faltando para outras. É como tentar fazer academia sem a orientação de um educador físico: você pode até fazer muito esforço, mas com poucos resultados.

Um planejamento de estudos bem elaborado, específico para o que você precisa, faz toda a diferença, mas sem disciplina ele não sai do papel e gera frustração. Muita gente até consegue planejar, mas poucas conseguem cumprir em médio e longo prazo.

Algumas pessoas conseguem aliar o planejamento a uma força de vontade de #AçoPuro, mas pela falta de técnicas e métodos que tornem os estudos eficientes, acabam por esquecer parte da matéria assimilada e não conseguem reproduzir nas provas a boa qualidade da sua preparação.


RESOLVENDO O PROBLEMA

Hoje vou passar várias dicas práticas sobre PLANEJAMENTO E ORGANIZAÇÃO. Prometo que, o mais breve possível, escreverei outros dois artigos para os dois outros pilares supracitados: disciplina e “métodos e técnicas”.

Organizar o tempo e dimensionar a carga de horas de estudo de cada matéria é o primeiro passo para que as coisas funcionem maravilhosamente bem.

Se você tiver dúvidas quanto à construção de um planejamento eficiente, nós preparamos um ótimo Planejamento de Estudos Personalizado.


SONO E EXERCÍCIOS FÍSICOS

Comece a elaboração do seu planejamento definindo a hora que você precisa dormir e acordar. Se a sua qualidade do sono for baixa você pode se esquecer de parte da matéria estudada e acordar com uma baixa capacidade de aprender, além de prejudicar a concentração e a agilidade de raciocínio. Coloque tempo para exercícios físicos, nem que seja por três ou quatro vezes na semana. Uma caminhada de meia hora já vai te ajudar a oxigenar o cérebro, regenerar neurônios, aumentar o seu metabolismo, te dar mais disposição física e mental e ainda reduzir a necessidade excessiva de sono.


NOTAS %

É fundamental que você atribua de forma subjetiva uma nota percentual para cada uma das matérias do seu edital. E nem invente de tentar se preparar para mais de um edital ao mesmo tempo. Foco é tudo! Se conseguir a aprovação em uma única prova já não é tarefa fácil, imagina em mais de uma. Conheço alunos muito inteligentes e preparados que não conseguem aprovações por não terem foco e prestarem concurso para tudo o que abre edital.

Essas notas percentuais vão te dar uma ideia do que você precisa de mais ou menos tempo de estudo.


ANÁLISE DO EDITAL

É fundamental ler o edital da sua prova por completo. Não pule essa etapa. Procure por informações sobre a quantidade de matéria a ser cobrada e também a quantidade de questões de cada matéria na prova. Verifique provas anteriores e alinhe os seus estudos com o foco na sua banca.


INTERVALOS

Não recomendo que você tenha horários para fazer intervalos. Se bateu o cansaço, descanse sem culpa, nem que seja um descanso rápido de um minuto. Não adianta nada forçar a cabeça já sem concentração e lutando contra o sono. Se está cansado(a), pare tudo, levante da cadeira, faça uma caminhada em casa, tome uma água e volte para a pancada nos estudos. Busque o seu melhor, cada vez melhor, mas respeite os seus limites. Quem se mata de estudar chega morto na prova.

Coloque horários LIVRES ao longo da semana. Eles vão servir para que você descanse sem culpa ou estude alguma matéria atrasada.


DISTRIBUIÇÃO DAS MATÉRIAS

Comece a semana pelas matérias que você tem notas percentuais mais baixas ou as que você tem mais dificuldades. Você pode destinar de uma a três matérias por dia. Perceba como você se sente melhor para distribuir as matérias. Não se amarre ao seu planejamento. Se você não está com disposição para estudar uma matéria mais pesada hoje, antecipe a matéria de amanhã e postergue a de hoje. Não faça disso um hábito (deixar para depois), mas é muito melhor estudar alguma coisa que você tem mais facilidade que não estudar nada por falta de disposição.


A META NÃO É CUMPRIR O PLANEJAMENTO

Curiosamente, é isso mesmo! Mantenha a meta diária de buscar o seu melhor, cada vez melhor, sempre tentando chegar ao seu limite em cada dia. No começo você vai conseguir fazer apenas 50% do que foi planejado e, com empenho, esse rendimento vai subindo até você ultrapassar os 110% do planejamento. Supere-se a cada dia e alegre-se pelos seus resultados. Todos os dias você se aproxima do seu sucesso. Às vezes é uma caminhada mais perto da linha de chegada, outras vezes uma corrida, mas sempre mais perto.


IMPRIMA E DISTRIBUA

O seu planejamento funciona melhor se for impresso e afixado em um local muito visível. Distribua com os seus ALIADOS DA APROVAÇÃO, as pessoas mais próximas com alta capacidade destrutiva (do seu tempo e motivação) e que pode te dar uma força grande nos momentos de cansaço ou falta de disposição. Peça a ajuda deles para conseguir cumprir as suas metas e fazer dar certo até dar certo.


EVOLUA SEMPRE

O seu planejamento precisa ser melhorado continuamente. Até porque as matérias que você vai estudar mais no começo podem ser melhor dominadas e necessitarem de menos horas de estudo com o tempo.


RESOLUÇÃO DE QUESTÕES

Comece os seus estudos sempre por questões! Antes de assistir a qualquer aula ou estudar qualquer assunto, resolva de cinco a dez questões. Há uma grande probabilidade de que você erre a maior parte delas. Ou você nunca viu aquele assunto na vida ou estudou há muito tempo e não consegue lembrar mais. Não tem problema! Mais importante que as questões que você erra em casa são as que você acerta na prova.

Priorizar a realização de questões diariamente vai melhorar bastante a qualidade dos seus estudos e da sua aprendizagem. Não deixe para fazer questões apenas aos finais de semana. Tenha sempre questões antes de tudo e você vai até melhorar o seu nível de concentração pelo dinamismo de ter que ler e interpretar os enunciados, identificar as alternativas corretas ou até ter que escrever sobre eles para se preparar para as provas com questões abertas.

As questões antes de tudo vão te ajudar a ganhar tempo, pois você vai poder dedicar mais tempo para os assuntos que errou. Além do mais, o erro é melhor professor que o acerto. Você vai ter mais chances de conseguir levar para a prova os assuntos das questões que erro e estudou para dominar aquela matéria, que as que você acertou logo de cara.


SIMULADOS

Faça um por semana. É fundamental exercitar a sua capacidade de realização de provas. Muita gente preparada sobre as matérias não consegue bons resultados nas provas por não estarem preparadas para a realização da prova. São muitas horas de exercício mental exaustivo. A postura é incorreta durante a prova e o tempo sob pressão, acessando a memória e fazendo uso do raciocínio é muito intensa.

Vale até fazer dois simulados por semana mais próximo das provas.

Qualquer dúvida, por favor, manda no suporte@sougenius.com.br.

Um forte abraço e conte sempre conosco!

Felipe Lima

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>