Quando a luz do painel acende

luz-de-injeção-3

Quando você passa por uma chateação, qual é a sua primeira reação? Corre para comer um doce, formiguinha?

Quando teve um dia ruim no trabalho, você para logo para comprar um sanduíche ou pega um pacote de salgadinhos na loja de conveniência?

Depois de discutir com alguém, você entra na cozinha e pega a lata de leite condensado?

Se você respondeu sim a uma das perguntas, ou a todas elas, é possível que você tenha um forte desejo de comer ao sofrer emoções negativas. Talvez acredite que tem o direito de se consolar comendo quando está chateado. Comer se torna, então, a sua resposta padrão ao estresse.

É verdade! A comida pode te consolar, te distrair, te acalmar. Ela pode fazer isso tudo por você! No entanto, só enquanto você está comendo – ou por um curto período depois disso.

Então, para que servem os sentimentos e por que nós os temos? Eles de fato têm um propósito. A maioria das pessoas passa muito tempo tentando evitar ou mudar seus sentimentos, mas elas nunca param para observá-los e para observar o que seus sentimentos estão tentando te dizer.

Não entendo nada sobre carros, mas sei que, quando a luz do nível de óleo se acende, ela está te dizendo que há algo de errado. Por mais combustível no carro não resolverá o problema. Isso poderá desviar seu pensamento da luz do nível de óleo por um tempo, mas você não está cuidando da sua necessidade.

Quando tenta reprimir seus sentimentos comendo mais do que o seu corpo suporta, você também não está cuidando da verdadeira necessidade. Está apenas reforçando o hábito de tentar reprimir o sentimento, mas o verdadeiro problema ainda existe.

O caminho para escapar das armadilhas da comilança emocional consiste em… tchan, tchan, tchan, tchan… aprender a lidar de outra maneira com o desconforto! Ao invés de se voltar para a comida ao experimentar emoções negativas, você pode tentar resolver o problema que o está chateando ou pode passar a vê-lo de modo mais razoável.

Seja honesto com você! Identifique a causa do que sente. Se está solitário, o que está o fazendo se sentir solitário? Se estiver bravo, com o que está zangado?

O simples aumento de sua consciência pode começar a mudar seus sentimentos. As emoções fazem parte da vida do ser humano! Na verdade, as emoções negativas podem servir a objetos importantes! Nos alertam para problemas que merecem a nossa atenção.

Para romper o ciclo da comilança emocional, é necessário aceitar todas as emoções, e não somente as positivas.

Um abraço,
Coach Nati Torres.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *