Quem são os seus “inimigos”?

Tempo de leitura: 8 minutos

Olá!

Hoje vamos falar sobre um segredo extremamente importante sobre a forma como você se relaciona com as pessoas.

 

Muita coisa mudou na minha vida quando eu aprendi essa estratégia e eu tenho certeza de que isso vai te ajudar muito em todos os seus tipos de relacionamento.

 

Preste muita atenção nessas duas frases:

Cada pessoa te dá somente aquilo que ela tem;
Cada pessoa te traz aquilo que você precisa receber.

Você vai receber 3 tipos de estímulo das outras pessoas:

  • Positivo;
  • Neutro;
  • Negativo.

 

ANALOGIA COM A MUSCULAÇÃO

 

Imagine que você está fazendo musculação com a ajuda de um Personal Trainer.

 

Essa pessoa pode te “ajudar” de três formas.

 

Com um estímulo positivo, te dando uma força e ajudando a levantar o peso. O exercício fica mais fácil de ser executado, mas a consequência disso é que “pesos leves não fazem músculos”. Exercícios fáceis não vão te desenvolver. Aquilo que não te desafia não te faz crescer.
Com um estímulo neutro, ou seja, sem te ajudar a levantar o peso. Você vai ter mais dificuldade para realizar o exercício e isso vai te ajudar a desenvolver músculos.
Com um estímulo negativo, colocando mais peso na barra. Isso vai trazer a possibilidade de desenvolver ainda mais os seus músculos. Vai ser mais difícil de realizar os exercícios, os músculos vão “queimar”, mas haverá crescimento nesse processo.

Esses 3 tipos de estímulos externos na sua vida são inevitáveis e cada um deles pode te fazer muito bem ou muito mal.

 

Você raramente vai conseguir intervir sobre o comportamento das outras pessoas contigo.

 

Por mais que você diga para elas que isso ou aquilo que elas fazem ou falam te faz muito mal, elas provavelmente não vão mudar esse comportamento.

 

Isso acontece porque elas acham que estão certas agindo daquela maneira.

 

De acordo com o sistema de crenças e valores delas, aquele comportamento, por mais que te faça mal, tem uma “intenção positiva”.

 

O fato é que se você não aprender a lidar com esse estímulo externo, quer ele seja positivo, neutro ou negativo, isso pode te prejudicar imensamente.

 

Definitivamente, viver uma vida vulnerável ao comportamento das outras pessoas é algo extremamente perigoso.

 

OS RISCOS DOS ESTÍMULOS EXTERNOS POSITIVOS

Como você se sente quando as pessoas te elogiam, incentivam e geram expectativas elevadas sobre você?

 

Muitas pessoas não aprendem a se valorizar e a valorizar as suas ações por receber esse estímulo externo excessivamente.

 

É como se você ficasse refém do reconhecimento externo e não aprende a se parabenizar pelas suas ações e conquistas.

 

Por essa dependência de reconhecimento externo, você pode até criar a crença de que está decepcionado as outras pessoas em casa erro ou insucesso seu.

 

Certa vez ouvi de uma coachee, que estava em um processo de Coaching comigo, que ela tinha terminado o seu relacionamento porque o seu marido não a elogiava, não valorizava as suas ações.

 

Em 5 minutos de sessão descobrimos que os pais dela a elogiaram excessivamente por toda a vida e ela só se sentia valorizada quando as outras pessoas faziam esse reconhecimento.

 

Receber o incentivo externo e elogios é algo excelente, prazeroso, mas você não pode permitir que a forma como você se vê, a sua autoestima, autoimagem e autovalorização dependam de fatores externos.

 

Do contrário, você sempre terá o medo do julgamento alheio, das críticas e isso vai acabar gerando até uma cobrança interna excessiva.

 

Sempre que as pessoas me elogiam eu fico muito feliz e grato, mas não posso permitir que isso defina a minha autovalorização.

 

OS RISCOS DOS ESTÍMULOS EXTERNOS NEUTROS

Como você se sente quando as pessoas não te elogiam, não te incentivam ou não reconhecem o valor dos seus sonhos e das suas ações?

 

Você sente raiva ou tristeza porque as pessoas da sua família, aqueles que mais deveriam te apoiar, não te apoiam?

 

Quando as pessoas não te elogiam, você tem a oportunidade de se elogiar, pois aquilo que a vida não te dá é seu professor para que você aprenda a ter.

 

Quando as pessoas não te valorizam, você tem a possibilidade de se valorizar e não ficar dependente, refém da valorização externa.

 

Às vezes parece que você sente a necessidade de que as outras pessoas acreditem em você e nos seus sonhos para que você também possa acreditar?

 

Você pode até não se sentir aceito, amado ou querido pelas outras pessoas diante dessa falta de incentivo, mas esse é um julgamento seu sobre o comportamento deles.

 

Você está julgando as outras pessoas por essa falta de apoio?

A consequência natural desse julgamento é sempre um sentimento negativo, como raiva, tristeza, desânimo ou insegurança.

 

OS RISCOS DOS ESTÍMULOS EXTERNOS NEGATIVOS

Esse são mais evidentes.

Como você se sente quando as pessoas tentam te desestimular e te criticam negativamente?

 

Para muitas pessoas, basta um comentário negativo para que se perca a paz de espírito.

 

Você fica com raiva, triste ou com irritação quando pessoas excessivamente críticas ou negativas fazem comentários sobre você e sobre a sua vida?

 

Às vezes os pais tentam ajudar os seus filhos fazendo comentários extremamente negativos.

 

Já ouvi de pais palavras duras para tentar estimular os seus filhos:

Você nunca vai ser ninguém na vida!
Tudo o que começa, você nunca termina.
Eu não acredito mais em você!
Por que você não é como o seu irmão?

No fundo, os pais geralmente falam coisas desse tipo por não saberem incentivar os seus filhos positivamente.

Provavelmente foi esse o tipo de estímulo que eles receberam dos seus pais no passado.

 

Também há a frustração de se ter fracassado na criação dos filhos.

 

NEM MAIS, NEM MENOS

O fato é que as outras pessoas vão te dar apenas aquilo que elas têm.

Nem mais, nem menos.

 

Alguns vão te dar estímulos positivos, neutros ou negativos.

Não perca o seu tempo e energia julgando elas por isso.

Esse julgamento só vai gerar pensamentos e sentimentos destrutivos para você mesma(o).

 

Independente do que vem de fora, você precisa aprender a se blindar por dentro e a manter a sua Imunidade Emocional inabalável em qualquer circunstância.

 

Acredite, as pessoas que te dão estímulos negativos não são seus INIMIGOS!

 

Talvez elas estejam tentando te proteger quando dizem para você mudar de planos.

Talvez elas estejam tentando te fazer “acordar para a vida” fazendo pressão.

Talvez elas não consigam ver o valor dos seus sonhos.

 

Aliás, só você e mais ninguém no mundo vai conseguir perceber o real valor dos seus sonhos.

Não julgue as outras pessoas por isso!

Elas não estão dentro de você para compreender aquilo que é importante para você.

 

Assim como quem te enche de incentivos e elogios pode estar te prejudicando por não te permitir desenvolver a sua própria capacidade de autovalorização, quem te critica, ainda que negativamente, não quer te destruir.

 

O seu desafio é aprender a lidar com esses 3 tipos de estímulos externos e não permitir que eles te façam mal.

 

Você deve estar se perguntando sobre COMO fazer isso.

 

A resposta está na blindagem da Imunidade Emocional, um conceito que eu criei com base nos meus 18 anos de experiência como Coach.

 

É justamente por isso que o fortalecimento da Imunidade Emocional é um dos principais objetivos dos nossos processos de Coaching e também do Genius Club 365.

 

A COBRANÇA INTERNA EXCESSIVA

De alguma forma, os 3 estímulos externos (incentivo, indiferença ou críticas) podem fazer com que você mesma(o) passe a (1) se culpar excessivamente pelos seus erros e insucessos e (2) passe a não valorizar as suas ações positivas.

 

A consequência disso é uma “conta bancária” da sua autoimagem (autoestima) negativa, onde só há o débito (culpa) e não há a valorização do crédito (autovalorização).

 

Com a autoimagem enfraquecida vem o desânimo, a falta de autoconfiança, a insegurança, a falta de domínio dos medos, a desmotivação, indisciplina, procrastinação, falta de foco e de persistência.

 

Tudo isso pode gerar um alto nível de ANSIEDADE e essa ansiedade pode agravar tudo isso.

 

Recomendo o vídeo “A origem de todos os problemas”.

Nele você vai compreender melhor sobre esse padrão de cobrança interna excessiva.

 

Recomendo também que você participe gratuitamente da SEMANA SEM ANSIEDADE.

 

Clique aqui para fazer a sua inscrição.

 

Esse evento 100% on-line e gratuito vai acontecer de 27/nov a 01/dez.

 

Nele você vai aprender estratégias e ferramentas de Coaching para viver uma vida muito mais leve, dedicando toda a sua energia para as suas ações e não para as suas preocupações.

 

Um abração

😀

 

Felipe Lima

Master Coach SouGenius

http://bit.ly/geniusclub365